Atendemos todo o Brasil -
011 3101-2261

M.E.B. Advocacia

Publicações

Promotor sofre homofobia nas redes sociais e MPF pede investigação

Ministério Público Federal (MPF-AC) solicitou abertura de inquérito policial pela Polícia Federal (PF) para investigar o crime de homofobia cometido contra o promotor de justiça Tales Tranin, do Acre, através de comentários nas redes sociais. No último dia 19, o órgão já havia pedido a abertura de um inquérito.

 

Identificado como Pablo Felipe, o autor dos comentários, escreveu “esse g.a.y lá sabe de nada”, em resposta a uma matéria que citava o promotor Tales Tranin. Um outro usuário responde: “toma cuidado, vc vai ser preso”.

 

Cidadão no Acre, Lucas Costa Almeida Dias, enviou um ofício à PF-AC e solicitou o início das investigações. “A postagem demonstra como a internet tem servido de palco para o ódio à população LGBTQIA+ e escancara a realidade discriminatória alimentada pela ideia de que é um território sem lei”, afirmou o procurador.

 

Fonte: Metrópoles

________________________________________________________________________________

MEB Advocacia Especializada em Concursos Públicos



Você está procurando uma advocacia especializada em concursos públicos?

Fale Conosco Agora
Como funciona a desistência de nomeado e nomeação do próximo ao cargo?

A jornada de um concurso público não termina com a aprovação; ela segue um caminho que inclui a



ADVOCACIA ESPECIALIZADA EM CONCURSO PÚBLICO

Chamar no Whatsapp