Atendemos todo o Brasil -
011 3101-2261

M.E.B. Advocacia

Publicações

Presidente diz que evitará concursos caso se reeleja

Durante o evento Diálogos com Candidatos à Presidência da República, realizado pela União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços (Unecs), o chefe do Executivo federal, Jair Bolsonaro (PL), disse que vai procurar reduzir o número de concursos públicos no país.

O titular do Planalto comentava sobre a extinção de 20 mil cargos em comissão, no começo do governo, em 2019. Para evitar o inchaço da máquina pública e o aumento de gastos, ressaltou que “evitará concursos públicos para proteger o servidor público”.

“Como eu disse na introdução, evitar os concursos públicos até para proteger os servidores que estão aí. Sei que muito jovem fica chateado, quer um concurso, mas a máquina está no seu limite”, pontuou.

Bolsonaro frisou que a reforma da Previdência foi feita exatamente com esse fim. “Vai chegar um ponto que não teremos dinheiro para pagar mais ninguém. Muita coisa foi feita lá atrás sem qualquer controle”, relembrou.

O presidente prometeu que, se eleito, vai esperar que o Parlamento aprove a reforma administrativa para novos servidores. “[…] Essa é a nossa proposta: se houver reeleição, essa reforma é realmente o Parlamento que vai decidir”, disse.

“O inchaço da máquina, além do trem da alegria. O governo da esquerda, aqui, preencheu tudo e mais um pouco. O servidor não gera renda, está aqui para colaborar nas políticas públicas”, salientou.

 

Fonte: Metrópole



Você está procurando uma advocacia especializada em concursos públicos?

Fale Conosco Agora
Como funciona a desistência de nomeado e nomeação do próximo ao cargo?

A jornada de um concurso público não termina com a aprovação; ela segue um caminho que inclui a



ADVOCACIA ESPECIALIZADA EM CONCURSO PÚBLICO

Chamar no Whatsapp