Atendemos todo o Brasil -
011 3101-2261

M.E.B. Advocacia

Publicações

Investigação Social de Concursados

Pode parecer impróprio quando ouvimos de primeiro, mas a investigação social é uma das etapas mais importantes e, claro, obrigatória, em muitos concursos públicos. Esta investigação é comumentemente aplicada quando o cargo está relacionado à segurança pública, como é o caso de policiais civis, militares, federais, dentre outros, além de também incluída na seleção das carreiras jurídicas como a de Procuradores, Magistrados e Promotores.

A razão para realizar uma investigação de cunho social tem por objetivo avaliar a conduta social e moral do candidato, verificar se ele possui idoneidade moral para exercer o cargo público e, claro, eliminar os que não se enquadram nos requisitos determinados.

Muito será investigado até confirmar que o candidato é digno para ocupar o cargo a que almeja.

O que é investigado?

Ao realizar a investigação social, alguns aspectos da vida do candidato serão analisados, desde o preenchimento de um formulário, incluindo:

  • Histórico criminal;
  • Comportamento social;
  • A sua reputação na comunidade em que vive;
  • Suas finanças;
  • Suas redes sociais.

O intuito é identificar atitudes e comportamentos que possam ser considerados incompatíveis com a função que pretende exercer.

Como é feita a investigação?

Importante mencionar que a equipe responsável por realizar esta investigação é especializada. Tudo, dos métodos empregados para a coleta das informações até as ferramentas, tem por única finalidade descobrir quaisquer comportamentos que possam desabonar o candidato, ou seja, esta investigação e seu resultado é eliminador.

A investigação pode incluir entrevistas com vizinhos, colegas de trabalho e familiares, consulta a bancos de dados públicos e privados, análise de postagens em redes sociais, entre outros.

Consequências

Se durante a investigação social for identificado algum comportamento inadequado ou alguma informação que coloque em dúvida a idoneidade moral do candidato, ele pode ser eliminado do concurso público. É importante ressaltar que a decisão final sobre a eliminação do candidato cabe ao órgão responsável pelo concurso.

Quais condutas podem eliminar um candidato?

Das muitas razões para a eliminação de candidatos de um concurso público, já mencionamos aqui a prática de ilicitudes, no entanto, outras condutas podem eliminar uma pessoa, confira:

  • Envolvimento em jogos proibidos em lei;
  • Omitir fatos deliberadamente ou usar informações falsas na ficha cadastral;
  • Infrações penais ou mandado de prisão expedido;
  • Entregar documentação falsa quando requisitado;
  • Participar ou estar filiado a grupo que seja legalmente proibido;
  • Uso de drogas ilícitas;
  • Demissão por justa causa, em conformidade com a legislação trabalhista vigente;
  • Postagens e condutas questionáveis em suas redes sociais;
  • Cometer infrações de trânsito que coloquem outras vidas em risco frequentemente.

 

O que é recomendado?

Para os candidatos a concursos públicos que incluem a investigação social como etapa do processo seletivo, é sempre recomendado manter uma conduta adequada em todas as esferas da vida. Isso inclui evitar ilicitudes, manter uma boa reputação na comunidade em que vive e ter cuidado com o que posta nas redes sociais.

Seja precavido! Ao planejar prestar um concurso público, reveja, principalmente, suas postagens em redes sociais. É possível opinar sobre o que quer que seja sem ofender terceiros, por exemplo, e de maneira embasada. Evite utilizar palavrões e palavras de baixo calão, fuja de discussões acaloradas, aos postar fotos evite imagens que possam sugerir o uso de substâncias ilegais, também não compartilhe conteúdos ofensivos e discriminatórios.

O que fazer caso seja eliminado?

Ao ser informado da sua eliminação, as razões para tal devem ser expostas. Acaso não aja indícios ou provas concretas que justifiquem a eliminação, é possível recorrer judicialmente com advogado especializado.



Você está procurando uma advocacia especializada em concursos públicos?

Fale Conosco Agora
Como funciona a desistência de nomeado e nomeação do próximo ao cargo?

A jornada de um concurso público não termina com a aprovação; ela segue um caminho que inclui a



ADVOCACIA ESPECIALIZADA EM CONCURSO PÚBLICO

Chamar no Whatsapp