Atendemos todo o Brasil -
011 3101-2261

M.E.B. Advocacia

Publicações

Entendimento da controladoria Geral da União sobre posse de micro empresário individual (MEI) em cargo público após aprovação em concurso.

A Controladoria-Geral da União (CGU) emitiu a Nota Técnica nº 2908/2022/CGUNE/CRG com o objetivo de orientar e esclarecer sobre a contratação de Micro Empresário Individual (MEI) para cargos públicos. A nota apresenta uma análise abrangente e ponderada, considerando diversos aspectos relevantes nessa questão.

A CGU reconhece a importância e a legalidade da figura do MEI no contexto empresarial, porém ressalta a necessidade de cautela ao aplicar essa modalidade de contratação no setor público. A nota destaca que a compatibilidade entre a atividade desenvolvida pelo MEI e as atribuições do cargo público deve ser criteriosamente avaliada, a fim de evitar conflitos de interesse e garantir a idoneidade do processo seletivo.

Além disso, a CGU enfatiza a relevância de identificar possíveis situações de favorecimento indevido ou uso indevido do cargo para fins particulares ou de terceiros. A ética e a integridade na administração pública são princípios inegociáveis, e a contratação de MEIs não pode ser utilizada como subterfúgio para beneficiar interesses particulares em detrimento do interesse público.

A nota técnica também destaca a importância da transparência e da imparcialidade na seleção de candidatos. A análise criteriosa dos critérios de seleção, considerando a qualificação técnica, experiência e idoneidade dos candidatos, é essencial para assegurar a lisura do processo e a eficácia da gestão pública.

Em síntese, a Nota Técnica nº 2908/2022/CGUNE/CRG da CGU oferece um panorama completo sobre a contratação de MEIs para cargos públicos, alertando para a necessidade de análise minuciosa e criteriosa. A observância dos princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade e eficiência é fundamental para garantir a integridade, a transparência e a excelência na administração pública, promovendo assim a confiança da sociedade no serviço prestado pelo setor público.

 

Leia a nota na íntegra aqui: clique aqui.



Você está procurando uma advocacia especializada em concursos públicos?

Fale Conosco Agora
Como funciona a desistência de nomeado e nomeação do próximo ao cargo?

A jornada de um concurso público não termina com a aprovação; ela segue um caminho que inclui a



ADVOCACIA ESPECIALIZADA EM CONCURSO PÚBLICO

Chamar no Whatsapp