Atendemos todo o Brasil -
011 3101-2261

M.E.B. Advocacia

Publicações

Concurso público pode exigir exame toxicológico dos aprovados

Lei do exame toxicológico para concursos públicos

Desde 2010, de acordo com a Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado o exame toxicológico pode ser exigido como uma das etapas de aprovação em concursos públicos.

A análise que antes era conhecida por candidatos às polícias militares, civis e rodoviárias, agora também pode fazer parte de editais de outros concursos públicos com caráter eliminatório.

Essa decisão foi tomada, pois, segundo a Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, o servidor que se envolve no consumo de drogas coloca em risco a prestação do serviço que está a seu cargo.

Lei de exame toxicológico para candidatos de concursos

A lei que exige a realização do exame toxicológico por meio dos candidatos de concursos define que a análise em larga janela de detecção. Nesse caso, o exame pode identificar o consumo de drogas ilícitas de acordo com a janela de detecção definida em edital.

Entretanto, vale ressaltar que exames toxicológicos feitos a partir da análise de pelos do corpo tem a janela de detecção fixada em 180 dias. Isso ocorre devido ao processo biológico de crescimento do pelo que é diferente do cabelo, no qual pode-se analisar janelas temporais mais bem delimitadas de acordo com o comprimento do fio analisado.

É importante ressaltar que mesmo que o candidato(a) tenha cabelos compridos, somente será analisado o comprimento relativo à janela de detecção solicitada em edital, contando da raiz do cabelo. O restante do material não será considerado no exame.

Resultado positivo para uso de drogas

Quando é detectada presença de alguma substância, descrita em edital, no exame toxicológico do candidato, o resultado será informado no laudo como “POSITIVO”. Qualquer candidato que tenha o diagnóstico positivo tem direito à contraprova que é a análise da amostra B. Pois para realizar o exame toxicológico, é necessário coletar duas amostras: Amostra A, na qual é feito o procedimento de análise e a amostra B, que é coletada, exatamente, caso seja necessária uma confirmação, ou a chamada “CONTRAPROVA”.

Com a confirmação do resultado positivo, ou caso o candidato se negue a realizar um novo exame, a eliminação será concretizada.

Resultado positivo por uso de medicamentos

No exame toxicológico de larga janela de detecção são pesquisadas substâncias psicoativas, encontradas em drogas ilícitas, como: maconha, cocaína, crack, anfetaminas, metanfetaminas, ecstasy. E outras que podem ser utilizadas na composição de medicamentos tarjados, como: codeína, mazindol, femproporex, anfepramona e seus derivados. Caso o candidato do concurso faça uso de algum medicamento que contenha alguma dessas substâncias ou de seus derivados, deve apresentar a prescrição ou laudo médico que comprove o uso terapêutico da substância juntamente com o laudo do exame toxicológico a bancada examinadora do concurso.

Como funciona o exame toxicológico para concursos?

Há algum tempo, o exame toxicológico para concursos tem sido uma exigência, mas não é em todo processo seletivo que ele é solicitado, sendo somente em alguns concursos específicos, principalmente em funções militares, como:

  • Polícial Militar – PM, Policial Civil
  • Forças armadas (Marinha, Excercito)
  • Segurança Pública (Guarda Municipal)
  • Aviação (Aeronáutica)
  • Ou Saúde.

Normalmente os exames toxicológicos são especificados no edital como um documento obrigatório na etapa médica ou na fase final do certame.

Para saber se o teste foi solicitado é bem fácil, pois geralmente ele estará especificado como exame de queratina, exame de cabelo ou exame toxicológico de larga janela de detecção, sendo que todas essas denominações têm como referência o mesmo tipo de análise.

Os editais estabelecem que os candidatos devem apresentar laudo do exame toxicológico com características específicas, como janela de detecção, que pode ser de 90 ou 180 dias.

Necessário destacar que, se você está prestes a se candidatar a um concurso público que tem como uma das exigências a realização do exame toxicológico, precisa saber também que ele tem caráter eliminatório se apontar um resultado positivo ou se você se recusar a fazer a análise.

Exame toxicológico de larga janela de detecção para concursos

A coleta do exame toxicológico de larga janela de detecção para concursos funciona da mesma forma para qualquer paciente.

Nessa análise, o candidato deve ir até uma clínica e doar uma pequena amostra de cabelo ou pelos do corpo para que o seu exame seja analisado.

Ao chegar no laboratório a amostra de cabelo, os profissionais irão pesquisar se houve o consumo de drogas ilícitas que reprovam no exame toxicológico, como:

  • Maconha
  • Ecstasy
  • Crack
  • Heroína
  • Metanfetaminas
  • Cocaína
  • Dentre outras substâncias e seus derivados.

Confira já a lista completa das drogas analisadas no exame toxicológico

Vale lembrar que, para cada concurso público, a lista das drogas solicitadas podem ser diferentes, incluindo outras substâncias, por exemplo.

Por essa razão, recomenda-se sempre ler o edital completo, pois estará especificando no edital as substâncias que precisam ser identificadas, bem como é sugerido levar o edital no momento de realizar a coleta das amostras, para assegurar que todas as drogas solicitadas sejam analisadas.

Acompanhamento do resultado e prazo estipulado

Depois disso, seu exame será avaliado por um médico revisor que emitirá um laudo do resultado do exame.

Você poderá acompanhar o status do seu diagnóstico pelo site, em nossa Página de Acompanhamento, ou optar por receber mensagens sobre o andamento do exame via SMS ou E-mail.

Caso prefira, você também conseguirá verificar o status do seu exame através do Telefone: 3003-1166 (sem DDD de todo o Brasil).

O prazo estipulado para a entrega do resultado do exame é de 10 dias úteis após o recebimento da amostra no laboratório de análise em Belo Horizonte MG, para laudos negativos.

Com o resultado negativo do seu exame, você deverá retira-lo na clínica em que fez a doação para levar ao órgão solicitante.

Há também o serviço de entrega pelos correios, sendo necessário fazer a solicitação e pagar uma taxa extra.

Ficar perto de quem usa drogas afeta o resultado do teste? (Fumantes Passivos)

O fato de você permanecer próximo de alguém que esteja usando drogas não oferece risco de alteração no exame toxicológico, pois somente a parte interna do cabelo, onde se depositam os metabólitos, por meio da irrigação sanguínea é analisada

E para que você fique tranquilo em relação às possíveis impurezas externa do cabelo, a Toxicologia Pardini toma todas as precauções quanto a descontaminação das amostras, realizando uma extensa lavagem antes de ser propriamente examinado, para certificar a total legitimidade do resultado.

Dessa forma, nada que tenha sido depositado na superfície do cabelo ou pelo é considerado.

É por essa e outras razões que a Toxicologia Pardini é uma das empresas líder no ramo de toxicológico, e a mais bem avaliada no mercado, garantindo que os nossos exames não apresentem o resultado “Falso-Positivo”.

Informações Gerais Sobre o Exame Toxicológico

Agora que você já sabe como funciona o exame toxicológico para concursos, não se esqueça de confirmar se no seu edital existe essa exigência no processo seletivo.

Não corra risco, confira as melhores condições da Toxicologia Pardini e faça a coleta do seu exame toxicológico em um dos 4.500 postos de coletas em todo Brasil, com a líder mundial no setor!

E caso você queira saber mais informações sobre o exame toxicológico para concursos públicos, como:

  • Recomendações para o exame toxicológico
  • Qual é a janela de detecção de pelos e cabelos?
  • Qual é o tempo de detecção de drogas do exame toxicológico?

    Fonte: www.exametoxicologico.com.br/

 



Você está procurando uma advocacia especializada em concursos públicos?

Fale Conosco Agora
Como funciona a desistência de nomeado e nomeação do próximo ao cargo?

A jornada de um concurso público não termina com a aprovação; ela segue um caminho que inclui a



ADVOCACIA ESPECIALIZADA EM CONCURSO PÚBLICO

Chamar no Whatsapp