Atendemos todo o Brasil -
011 3101-2261

M.E.B. Advocacia

Publicações

Concurso Ipea: inscritos relatam dificuldade e banca se pronuncia

Candidatos do concurso Ipea relatam dificuldade das questões e também sobre a organização das provas no domingo, 25. Cesgranrio emite nota!

As provas do concurso Ipea foram aplicadas no último domingo, 25, nas capitais dos 26 estados brasileiros e no Distrito Federal. Os candidatos tiveram que responder a perguntas objetivas e também a prova discursiva.

 

Nas redes sociais, os inscritos relataram sobre o grau de dificuldade das questões e também sobre a organização das provas por parte da banca organizadora do concurso, a Fundação Cesgranrio.

 

Em resposta à Folha Dirigida por Qconcursos, no Instagram, candidatos apontaram que as provas estavam difíceis e cansativas.

 

“Cansativa e nada objetiva”, disse um concorrente.

“Cada pergunta tinha um texto enorme”, relatou outro participante.

“Foi muito cansativa. Muito texto antes das perguntas”, registrou um candidato.

As avaliações do concurso para o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) foram divididas em dois momentos.

 

Na parte da manhã, foram aplicadas a prova objetiva de Conhecimentos Gerais e a avaliação discursiva. Já na parte da tarde, foi a vez do exame objetivo de Conhecimentos Específicos.

Os relatos de candidatos apontam que as provas discursivas foram técnicas. 

“A discursiva foi pesada”, falou um participante.

“As discursivas do Ipea ficaram impossíveis de fazer pelo tempo, não achei justo”, opinou outro concorrente.

Por outro lado, há quem tenha achado a cobrança nas provas compatível com o cargo e também com o conteúdo programático proposto.

“Prova bem elaborada, interdisciplinar. Nível bem alto”.

“Coerente com o edital e com o que se espera para um cargo de R$20 mil”.

“Complexa, cheia de temas transversais. Parecia Enem. Acho que o CNU (Concurso Nacional Unificado) será assim também”.

“Discursivas trabalhosas, mas as específicas estavam muito bem feitas e conteúdo honesto”.

Candidatos também falam sobre organização na prova

 

Os inscritos no concurso Ipea também usaram as redes sociais para falar sobre a atuação na banca organizadora do concurso, a Fundação Cesgranrio, na aplicação das provas.

 

De acordo com os relatos, não havia controle de identificação, não tinha detector de metal para entrar na sala de provas. Além do início dos exames no turno da tarde no exato momento do fechamento dos portões.

 

“Sem falar a falta de controle de identificação, ausência de detector de metal para entrar na sala, impossibilidade de levar o caderno de provas, mas poder levar o comprovante de inscrição para anotar o gabarito (que pode conter inclusive anotações pq ngm olha), ngm pra conferir se o pacote de provas está lacrado, uma zona na hora de distribuir as provas, inclusive antes de todos entrarem na sala”, disse um candidato no perfil da Fundação Cesgranrio no Instagram.

 

“Organização horrível do pessoal da Cesgranrio. Teve fiscal que disse que podia fazer a prova antes do horário, fiscal que acabou a prova 15 minutos antes por engano, fiscal de fofoca na sala de prova, batendo papo em alto volume no corredor. A prova em si foi bem feita, muito trabalhosa”, detalhou outro participante.

 

Fundação Cesgranrio se pronuncia sobre a situação

 

Em nota enviada à Folha Dirigida por Qconcursos nesta segunda-feira, 26, a Fundação Cesgranrio listou todos os protocolos de segurança usados durante a aplicação das provas.

 

“A Fundação Cesgranrio adota, já há muitos anos, protocolos de segurança bastante estabelecidos em seus concursos. Capacitamos com frequência nossa fiscalização e adotamos detectores em todos os banheiros, realizando revista na entrada e na saída, além do uso do saco de segurança na entrada da sala para guarda de pertences eletrônicos como celulares, pagers, relógios e acessórios como bonés, fones, toucas ou óculos escuros. Todos esses procedimentos, somado ao comprometimento da nossa fiscalização em sala de aula, nos permitem garantir a lisura da aplicação da prova. Vale destacar, que todos os protocolos são acordados com os clientes”.

 

A banca ainda frisou que, além desses protocolos, para o Concurso Público Nacional Unificado (CPNU) serão adotados a coleta de digitais e transcrição de frase de segurança para futura análise e comparação grafológica dos aprovados.

 

Gabaritos das provas já estão publicados

 

Os gabaritos preliminares das provas objetivas do concurso Ipea já estão disponíveis para consulta pelo site da Fundação Cesgranrio. Acesse aqui!

Quem for contra as respostas fornecidas pela organização poderá entrar com recurso até terça-feira, 27, pelo site da banca.

Concurso para ingresso no Ipea tem provas aplicadas no domingo, 25

(Foto: Divulgação)

A prova objetiva foi composta por 100 questões, contendo 30 questões de Conhecimentos Gerais e 70 Específicos. Foram exigidos conhecimentos nas seguintes áreas:

 

Conhecimentos Gerais

  • Língua Portuguesa;

  • Língua Inglesa;

  • Estado e Políticas Públicas; e

  • Realidade Brasileira Atual.

 

Conhecimentos Específicos

Especialidade: Gestão e Logística

  • Direito Administrativo;

  • Administração Financeira e Orçamentária;

  • Gestão de Pessoas nas Organizações;

  • Planejamento e Gestão Estratégicos; e

  • Licitações e Contratos.

Especialidade: Processo Editorial

  • Gestão de Processos Editoriais

Especialidade: Comunicação Social e Divulgação Científica

  • Comunicação Social;

  • Redação e Jornalismo;

  • Divulgação e Jornalismo Científico;

  • Mídias Sociais e Plataformas Digitais; e

  • Relações Públicas e Publicidade.

Especialidade: Ciência de Dados

  • Ingestão, Processamento e Armazenamento de Dados;

  • Bancos de Dados;

  • Tratamento, Qualidade e Visualização de Dados;

  • Linguagens de Programação e Frameworks;

  • Probabilidade e Estatística; e

  • Aprendizado de Máquina.

Especialidade: Infraestrutura de Tecnologia da Informação

  • Contratações de Tecnologia da Informação (TI);

  • Gestão e Governança de Tecnologia da Informação (TI);

  • Infraestrutura de Tecnologia da Informação (TI);

  • Redes de Computadores; e

  • Segurança da Informação.

Especialidade: Desenvolvimento de sistemas

  • Contratações de Tecnologia da Informação (TI);

  • Gestão e Governança de Tecnologia da Informação (TI);

  • Engenharia de Software;

  • Desenvolvimento de Software;

  • Qualidade e Testes de Software;

  • Arquitetura de Sistemas Web e em Nuvem;

  • Desenvolvimento com Containers e Devops;

  • Arquitetura e Gestão de Dados;

  • Integração de Sistemas;

  • Segurança da Informação; e

  • Aprendizagem de Máquina e Sistemas de Suporte à Decisão Analítica.

Especialidade: Políticas Públicas e Desenvolvimento

  • Metodologia Científica;

  • Métodos Quantitativos;

  • Políticas Públicas no Brasil;

  • Questões Brasileiras Contemporâneas; e

  • Economia.

Especialidade: Políticas Públicas e Sociedade

  • Metodologia Científica;

  • Métodos de Pesquisa Quantitativa e Qualitativa;

  • Questões Brasileiras Contemporâneas;

  • Políticas Públicas no Brasil; e

  • Teoria e Conceitos.

Especialidade: Políticas Públicas e Avaliação

  • Políticas Públicas e Avaliação Metodologia Científica;

  • Questões Brasileiras Contemporâneas;

  • Monitoramento e Avaliação de Políticas Públicas;

  • Inferência Causal e Econometria.

Especialidade: Políticas Públicas e Sustentabilidade

  • Metodologia Científica;

  • Métodos de Pesquisa Quantitativa e Qualitativa;

  • Questões Brasileiras Contemporâneas;

  • Políticas Públicas e Meio Ambiente no Brasil;

  • Teoria e Conceitos: Sustentabilidade, Meio Ambiente e Economia Ambiental.

A prova discursiva foi composta por duas questões sobre temas constantes das áreas de Conhecimentos Específicos dos perfis. O concurso também contará com a etapa de títulos.

Conforme indicado pela Cesgranrio, o concurso Ipea registrou, ao todo, 26.385 candidaturas homologadas.

Resumo do concurso Ipea

  • Instituto: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada

  • Situação atual: provas aplicadas

  • Banca: Fundação Cesgranrio

  • Cargos: técnico de planejamento e pesquisa

  • Escolaridade: nível superior

  • Vagas: 80 vagas

  • Remuneração: R$20.924,80

  • Inscrições: de 5 de dezembro de 2023 a 10 de janeiro de 2024

  • Data da prova objetiva: 25 de fevereiro de 2024

Concurso Ipea tem oferta de 80 vagas

Por meio do concurso, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) oferece 80 vagas imediatas para técnico em planejamento e pesquisa, carreira de nível superior.

As oportunidades são para diferentes perfis e especialidades.

O aprovado no concurso do Ipea iniciará a carreira com o salário de R$20.924,80, correspondente ao padrão I da classe A. Ao final da jornada pública do servidor, a remuneração poderá chegar a R$29.832,94.

Além dos valores mencionados acima, o servidor também terá direito ao auxílio-alimentação de R$658.

Fonte: Folha Q

_________________________________________________________________________________

MEB Advocacia Especializada em Concursos Públicos



Você está procurando uma advocacia especializada em concursos públicos?

Fale Conosco Agora
Como funciona a desistência de nomeado e nomeação do próximo ao cargo?

A jornada de um concurso público não termina com a aprovação; ela segue um caminho que inclui a



ADVOCACIA ESPECIALIZADA EM CONCURSO PÚBLICO

Chamar no Whatsapp